quinta-feira, 3 de outubro de 2013

A sombra



A sombra:

Em quanto eu estava no sol 
Você estava na sombra... 
Em quanto meu coração 
Queimava você sorria... 
Da sombra você desfrutava! 
Quando eu chorava você se 
Alegrava... 
Ali na sombra você estava...

Meu coração amargava e 
Ardia de noite e de dia... 
Eu te amava e você sacudia! 
Você não soube aproveitar 
E queria na sombra para 
Sempre ficar... 
Cheguei a pensar que o 
Sol iria me queimar!

Hoje está muito frio e na sombra 
Não queres mais ficar e aqui irei 
Aquentar-me! 
Nuca, jamais preferi a sombra, 
Pois, elas me parecem o inicio das 
Trevas que, por lá não quero 
Passar! 
Antes arder ao sol e morrer amando 
Que ficar a sombra se acabando!            Paulo Franco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITURA

LEITURA

 
Real Time Web Analytics