domingo, 25 de maio de 2014

O jogo da conquista



O jogo da conquista

Para conquistar tem que encantar!
A calda olhar um friozinho na barriga...
Apenas um olá já dá pra arrepiar...
Enamorado eu quero ficar!
Não posso me apavorar, de mansinho
Devo chegar.
Entregar uma flor costuma funcionar...

Passo um perfume, coloco uma roupa
Despojada e vou logo entregar!
No encontro fico tontinho quando um
Beijinho ela me dá.
Aquele frio na barriga me leva de volta
A infância e mais uma vez me dá vontade
De amar!
No abraço sinto seu corpo e fico loco
Com vontade de beijar.

Os olhos mais lindos eu fico a contemplar!
A boca mais bela que já vi, me deixa mudo
Com vontade de beijar...
Os planos não funcionam mais...
Tudo que planejei falar sumiu da minha
Mente...

De repente ela se aproxima, eu toco
A sua face suavemente e levo a minha
Mão até o seu pescoço...
Lentamente nos aproximamos e começo
A beijar!
O beijo com gosto de mel me leva até ao
Céu e me ensina a amar!
Descobri que para conquistar tem que

Desejar.                             Paulo Franco.

Um comentário:

  1. Amei poeta belíssima obrigada meu lindo amigo, beijos em tua linda alma poética...

    ResponderExcluir

LEITURA

LEITURA

 
Real Time Web Analytics