domingo, 1 de janeiro de 2012

ONTEM




Ontem:

Ontem quando te vi, muito orgulho
Eu senti...
Vi que você ainda está linda e meiga...
Seu sorriso ainda é aquilo tudo que
Eu preciso...
Tentei me conter mais não pude
Esconder...
Disfarçando eu sai e lagrimas rolaram
Ali.



O poeta às vezes sofre por amar
Demasiadamente!
Ele sente e nunca tira da mente aquele
Grande amor que de repente se foi...
O poeta diz que se foi, mas ainda está
Aqui...

Ontem tive orgulho de saber que mesmo
Sem merecer, um dia tive você só para
Mim...
Eu revivi na minha mente aqueles
Melhores momentos...
Eu vi quando nos meus olhos você
Olhou e me jurou o amor que sonhou...

Ontem vivi um sonho e não pude te tocar...
Ontem quando a vi não podia te tocar...
Ontem o Maximo que eu podia fazer
Era chorar. Paulo Franco.

Um comentário:

  1. Esta foi a mais triste , não sei se é porque pra baixo

    ResponderExcluir

LEITURA

LEITURA

 
Real Time Web Analytics