sábado, 18 de fevereiro de 2012

Como eu queria não amar você!




Como eu queria não amar você!

Há como eu queria me livrar
Dessa dor!
Um punhal está cravado em
Meu peito...
Não consigo me livrar e ele
Só quero arrancar...



Dói no peito a saudade e a
Vontade de te amar...
Há como eu queria me livrar
Dessa dor!
A madrugada está fria e
Nunca acaba...

Eu me aqueço...
Eu me enlouqueço...
Eu estremeço...
Penso em algo bom e logo
Vira um tropeço...

A madrugada está fria e nunca
Acaba!
Não consigo arrancar esse
Punhal e arrancar todo mal!
Eu pensei que fosse fácil
Livrar-me dessa dor...
Só que não foi paixão!
Foi amor e por isso não
Quer acabar! Paulo Franco.

2 comentários:

  1. LINDO, TRISTE, EMOCIONANTE MAS TAMBÉM VERDADEIRO!!! A PAIXÃO É PASSAGEIRA E LOGO A GENTE ESQUECE, MAIS O AMOR PERMANECE E DEIXA MARCAS EM NOSSO CORAÇÃO PARA SEMPRE!!!

    ResponderExcluir
  2. Que coisa mais linda , mais perfeita , mais sofrida , ai , ai dos corações apaixonados.
    Os que amam não sofrem porque o AMOR é banigno, não é sofredor e nem faz o outro sofrer.
    Deus te abençoe amado de Jesus.

    ResponderExcluir

LEITURA

LEITURA

 
Real Time Web Analytics